29 de abril de 2008

Conversas recreativas e inquebrantáveis - Albino & Número sete


Segundo o deputado Albino Silveira (PPQP), a única causa da democratização múltipla em função da taxa de crescimento econômico, no mundo atual, é a valorização de fatores subjetivos que acarreta em um processo de reformulação e modernização do orçamento. Perguntamos a ele na saída da câmara, no dia do seu último discurso, na última CPI da última semana (antes de sua viagem para Palm Beach), se havia algo revelador sobre o caso e que corroborasse com sua carreira política de um modo geral. E ele respondeu:

“O que temos que ter sempre em mente é que o aumento do diálogo entre os diferentes setores produtivos cumpre um papel essencial na formulação das direções preferenciais no sentido do progresso. Todavia, a competitividade nas transações comerciais ainda não demonstrou convincentemente que vai participar na mudança do impacto na agilidade decisória”.

Infelizmente o deputado teve que sair às pressas e não pudemos continuar, mas finalizamos a conversa com seu assessor número sete, que preferiu não se identificar. Perguntamos a ele qual seria sua melhor companhia caso morasse em uma ilha deserta, desabitada, misteriosa e prestes a ser inundada por um tsunami índico. Número sete pensou e respondeu, soslaio:

“Olha, eu não penso muito nessas coisas, contudo se vivesse essa experiência levaria comigo um canídeo, da raça Canis Alopex, muito encontrado após a estiagem do inverno holandês. Sua pelagem é espessa, de coloração categórica e temperamento meigo. Morde apenas para mastigar tubérculos, sua refeição única e predileta, como as raposas que migram para o Oriente”.

3 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkk, número sete é comédia!

Adriano Chaves (Professor de Ciências Políticas da Universidade "Sem Limites" disse...

Gostaria de perguntar ao deputado Albino Silveira se a mola mestra da última CPI mista ocorrida no pós-meado do mês corrente concentra-se realmente no diálogo dialético entre os setores produtivos, "A", "B", "C" e "M" e se realmente haverá quebra do sigilo bancário, fiscal, íntimo e profissional do investigando Adelson Correia, bancário e investidor de Commodities em bolsas sulafricanas, cuja investigação alastra-se por uma legislatura inteira, prejudicando os trabalhos parlamentares de nosso varonil país e incentivando a subida de juros compostos refletores da inflação controlada. Obrigado por toda esta participação.

Bill disse...

Professor Adriano, com todo o respeito, mas quero saber se você tem algum parentesco com o editor maluco desse blog?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...