30 de setembro de 2014

Três Textículos

“Viagem no Tempo? Acredito que existam pessoas vindas do futuro e interferindo em nossas vidas diariamente. É só prestar atenção à nossa volta. Estou falando sobre como, todas as vezes que vamos acionar um seguro, acabamos descobrindo que, misteriosamente, justo aquilo de que precisamos desapareceu da apólice.”
(Douglas Adams) 

“O Rei procura uma universidade para o caçula após primogênito sucumbir em campo de batalha. Antes que perguntem, o do meio fugiu com um barril de pólvora num cavalo.”
(Boato monárquico)

“É oficial. Apophis passou pela fenda de ressonância gravitacional. Impacto programado para 13 de abril de 2036.”
(Notícia de capa do webjournal mais lido no ano de 2029)

30 de agosto de 2014

Glossomoment Papricantis - Brilhante escamado seláquio cartilagíneo fosforescente

- Ora, ora, vejam só! O que fazes aqui, com um copo cheio na mão e essa cara de descontente? Estaria sua cerveja quente?
- Não enche Gertoldo!
- Vieste tratar de assuntos indígenas?
- Quer levar uma flechada...
- Manolo... Como sempre um mestiço corajoso.
- Estava aqui concentrado, apenas isso.
- Preocupado?
- Con cen tra do, tá surdo?
- Se a surdez vier acompanhada de uma massa de tambores, sim.
- O que?
- Surdez contagiante, viu?
- Tua loucura que é contagiante...
- "Toda ignóbil torpeza, digna de um ser indigno, será massacrada”.
- Repita internamente por seis vezes, até os rufos dos tambores cessarem, para sempre.
- Para todo o sempre...
  
(silêncio)

- Cadê a Bárbara?
- Cuidando dos filhos.
- Prosódico, Ortoépico e Semântico?
- Não, Pretônica, Postônica, Rizotônica e Arrizotônica.
- Então largou a Anfibologia?
- Sim, continua uma excelente solecista...

30 de julho de 2014

Vídeos Pápricos - Fausto Fanti

29 de junho de 2014

Três Textículos

Se um homem está contente, sua boca só pode estar cheia de cerveja”.
(Provérbio do Egito antigo)

“É melhor morrer de vodka do que de tédio".
(Maiakovski) 

"Nenhum poema agrada ou dura muito quando escrito por bebedores de água".
(Horácio)

31 de maio de 2014

Vídeos Pápricos - Trailer de terror

30 de abril de 2014

Vídeos Pápricos - The Silly Walks Song

29 de março de 2014

Conversas recreativas e inquebrantáveis - Messias

Sabe quando a você acorda no meio da noite com uma vontade de assaltar a geladeira? O Messias não sabe, pois é dono de um sono pesado e reparador. Como assíduo frequentador do Clube de Desporto Amaral Veiga Albuquerque (o qual já teve o privilégio de presidir em mais de uma ocasião, duas desastrosas e uma não) sempre praticou esportes de alto impacto sob visível demonstração de entusiasmo. Mal compreendido, assombroso, egocêntrico, nasal, estapafúrdio, campeão inter-bairros de chá-chá-chá, Messias vai compartilhar aqui um pouco do que sua modéstia memória permitir.

Primeiramente, quero parabenizá-lo pela obra magnífica que o senhor doou para a prefeitura. Uma atitude para fazer qualquer marmanjo umedecer os olhos.
Eu não doei nada para a prefeitura. E o que umedece os olhos é colírio, só isso. Um abraço para a minha oculista.

OK, mas o senhor afinal participou ou não da solenidade na última sexta-feira?
Veja bem, desde a infância eu me recordo de um passeio, na estrada, com meus avós. É nítido. Um rapaz se aproximou da gente e começou a contar que a família era toda doente, passava fome no interior e que ele precisava comprar medicamentos, etc. O cara estava até bem vestido, sabe? Mas, meu avô, se achando Deus, dispensou-o bravamente sem nada lhe dar, além de um safanão.

Defina "se achando Deus". Desculpe-me pela ignorância, mas é bem interessante refletir sobre isso.
Autoritário, bonzão... A gente é uma espécie de "Lego" dele. Entendeu?

"Lego dele"? Messias, o senhor está afirmando que Deus existe e passa o tempo montando Lego?
Eu existo, assim como meus pais, embora velhinhos. Meus avós já existiram... O Lego serve de analogia. Poderia usar outro exemplo qualquer. Sei lá... Você assistia o Ultraseven? 

Preferia o Spectreman. Mas voltando o assunto e seguindo a sua linha familiar de raciocínio, se Deus existe, logo os pais dele são?
Ateus.

Ateus?
Sim, ateus.

Faz sentido. E os avós?
Aí você já está de brincadeira comigo!

Estou sim (risos). Por que só o senhor pode brincar aqui? Por que o preconceito com velhinhos?

(Nesse momento Messias levantou, interrompendo a entrevista, caminhou até a porta de saída do estúdio, onde tocou a campainha solicitando a abertura. Após a identificação, a porta abriu e ele sumiu, deixando seu casaco e uma garrafa térmica).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...