3 de junho de 2009

Discursos históricos de grandes figuras - Cauby


Cauby, o futurólogo cabeça chata fala sobre a Copa de 2014 em Fortaleza.

“O ano é 2014. Dia de jogo da copa no Castelão. A população madruga em bares e consolida o caos na cidade desde cedo. Talvez seja o limite máximo da baixaria alcançado, mesmo após a empolgante divulgação da tabela de jogos na capital:

Segunda - Senegal x Trinidad e Tobago
Terça - Ucrânia x Costa Rica
Quarta - Servia e Montenegro x Países Baixos
Quinta - Togo x Gana
Sexta - Angola x Costa do Marfim
Sábado - Tunísia x Arábia Saudita
Domingo - Irã x Jamaica

No caminho para o estádio, buracos e má engenharia de trafego causam engarrafamentos quilométricos. O jogo é cancelado após um atraso de quase um tempo de partida. Jogadores, imprensa e torcedores não conseguem chegar ao estádio. Os únicos veículos que se movem são dois helicópteros enferrujados da polícia. Os motoristas exaltados, impacientes e bêbados, ensurdecem a população com forró em seus porta-malas enquanto cambistas transpiram e se desesperam para vender os ingressos do próximo jogo, da próxima copa e DVDs falsificados da banda Cotovelo de Cutia. Animadores de semáforo fazem a festa com a paralisação, mesmo caindo das piruetas e se queimando com as piromanias circenses, conseguem algumas moedinhas.”


Quanta emoção! Pra frente Brasil! Nunca serão...

2 comentários:

Ernani disse...

Se Fortaleza vai estar assim, imagina São Paulo. Os únicos meios de locomoção serão, pros ricos, helicóptero e pros pobres, bicicleta e mesmo assim desconfio que terá engarrafamento, colisões, etc.

Walter C. disse...

Parabéns pelo blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...